Política

DEM demonstra apoio ao CNJ

Imagem DEM demonstra apoio ao CNJ

"Quer dizer que Ficha Limpa é só para deputados e senadores e não para os juízes?"

Publicado em 29/09/2011, às 10h42        Redação Bocão News


O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ganhou apoio do Democratas no Senado, após ameaça do Supremo Tribunal Federal (STF), com a proposta de emenda à Constituição que "devolve" ao órgão a competência que ele vinha exercendo até agora, de "processar, julgar e punir" juízes envolvidos em irregularidades.

De iniciativa do líder do Democratas, senador Demóstenes Torres (GO), o texto "reescreve" os artigos da Constituição que abordam o tema para deixar claro que o Congresso atribui ao órgão a prerrogativa de exercer o controle do Poder Judiciário. Informações do Estadão.

Demóstenes afirma que se o Supremo retirar a competência de julgar do Conselho, passará para a opinião pública o recado de que a Lei da Ficha Limpa só vale para deputados e senadores. "Quer dizer que Ficha Limpa é só para deputados e senadores e não para os juízes? Se o STF entende que esses artigos foram indevidamente redigidos, podermos corrigir sem qualquer afronta ao tribunal", disse, referindo-se à polêmica sobre o alcance da atual redação do dispositivo constitucional.

A reação contra o Supremo terminou gerando uma aliança entre os governistas e os senadores da oposição. No plenário, o líder do PT, Humberto Costa (PE), avaliou que será "um malefício muito grande para o país" retirar do conselho a competência que vem exercendo desde a sua criação".

Classificação Indicativa: Livre