Política

Cristovinho ameaça deixar o PDT

Imagem Cristovinho ameaça deixar o PDT

Pivô da crise entre vereador e partido é o deputado federal Marcos Medrado

Publicado em 05/10/2011, às 23h08        Daniel Pinto

Depois de quase sete anos de militância, o vereador Cristóvão Ferreira Júnior, o Cristovinho, está na iminência de deixar o PDT. O problema é que, segundo o vereador, a legenda “fechou as portas” para o seu filho Pedro Paulo Ferreira, que na próxima eleição pretende disputar vaga na Câmara Municipal de São Francisco do Conde, município da Região Metropolitana de Salvador. “Na verdade, pedi a executiva estadual que o partido fosse presidido pelo meu filho lá para que a gente pudesse construir uma base. A ideia era viabilizar a candidatura dele e de outros candidatos e, quem sabe, dar os primeiros passos para consolidar o meu nome para a prefeitura em 2016”.

Mas, pelo visto, o PDT preferiu contemplar outro filiado. “Disseram que não e preferiram entregar o partido a alguém indicado por Marcos Medrado. Eu abriria mão do processo aqui em Salvador para ajudar o meu filho. Entretanto, ao invés de apostar no novo, eles preferiram o velho que não vai para lugar nenhum”, disparou.

Em seguida, ainda em conversa com a reportagem do Bocão News, Cristovinho partiu para cima de Marcos Medrado com “artilharia pesada”. “Ele tomou o PDT de Odiosvaldo Vigas aqui na capital e negociou o apoio à Nelson Pelegrino (PT). Agora, planeja fazer o mesmo em São Francisco com Antônio Calmon (PMDB). Mas, quem quer abraçar tudo acaba ficando sem nada. E o pior é que na Bahia ele fala uma coisa e quando está com o ministro Lupi (Trabalho), em Brasília, pinta um quadro completamente diferente”.

Ainda esta semana, o vereador terá reunião com a executiva para tentar um acordo que favoreça as duas partes. Se não houver consenso, deverá ingressar junto com o herdeiro político no PPS, PHS ou PSD, todos envolvidos no projeto de reeleição da prefeita Rilza Valetim (PT).

Foto: Roberto Viana // Bocão News

Matéria originalmente postada às 16h

Classificação Indicativa: Livre