Política

ACM Neto, João Henrique e o 'bom coração'

Imagem ACM Neto, João Henrique e o 'bom coração'

"O Governo do estado não ajudou a prefeitura em nada"

Publicado em 14/10/2011, às 12h00        Caroline Gois


Em entrevista concedida, na manhã desta sexta-feira (14), ao programa Balanço Geral, da Record Bahia, o deputado federal pelo DEM, ACM Neto, manteve a dúvida pairando no ar. Ele será ou não
candidato em 2012? O apresentador Raimundo Varela até insistiu para ver se conseguia esta exclusiva, mas nada feito.

O parlamentar desviou a pergunta e afirmou: "O povo é quem vai decidir. Se eles quiserem, eu me torno candidato à Prefeitura".

Sem pegar no pé dos já pré-candidatos, Neto fez apenas questão de ressaltar que os 131 mil votos que conquistou no estado para deputado explicam a posição dele em pesquisas de intenções de voto para a prefeitura, na qual lidera com 27 pontos.

Numa entrevista fria e com cara de bancada eleitoral, faltou o apresentador repercutir as denúncias e provocações lançadas ontem, pelo também deputado federal Nelson Pelegrino e pré-candidato petista à prefeitura, no programa de Zé Eduardo, na Itapoan FM: "Não faço dois jogos", se referindo ao apoio dele ao prefeito João Henrique. "Aceito apoios e nunca neguei. Diferente de outros. ACM Neto, por exemplo, tem 30 cargos na prefeitura. A Saltur é toda dele", afirma Pelegrino.

Será que foi por isso que quando questionado sobre o que achava da gestão de João Henrique, Neto suavizou? "Ele tem um bom coração, mas cometeu falhas como gestor". E claro, na brecha, tinha que levantar a velha bandeira DEM X PT. "A culpa é do governo. Este não ajudou a prefeitura em nada".

E fecha aspas.



Classificação Indicativa: Livre