Política

Apostas do DEM são ridicularizadas em programa de TV

Imagem Apostas do DEM são ridicularizadas em programa de TV

Durante o Agora é Tarde, da Band, o pré-candidato Pepe Safado disse que ainda vai estudar o que o vereador faz

Publicado em 21/10/2011, às 08h54        Marivaldo Filho


A aposta do Democratas de tentar emplacar nomes conhecidos no mundo artístico, mas pouco expressivos politicamente, foi alvo de deboche, durante o programa Agora é Tarde, exibido nesta quarta-feira (19). Postulantes a uma vaga na Câmara Municipal de Salvador, os dançarinos Péricles Sampaio, o Pepe Safado, e Ana Cecília Chagas, a Mulher Maravilha, foram entrevistados pelo comediante Danilo Gentili, da TV Bandeirantes.

O “trabalho desenvolvido pelos candidatos" foi mostrado por Danilo Gentili com vídeos de Pepe Safado e da Mulher Maravilha dançando. Após a canja, como direito a “tira-teima”, Gentili afirmou: “Acho que Pepe rebola melhor do que a Mulher Maravilha”, disse.  “E ele não precisa nem descer na boquinha da garrafa. Dessa altura, vai ter que pular na boquinha da garrafa”, completou.

Questionado pelo apresentador se sabia qual era o papel do vereador, Pepe Safado respirou fundo, se ajeitou no sofá e, confiante, respondeu: “Vereador? É... vereador? Eu acho que... eu ainda estou estudando (risos da plateia). Vereador, como é que se diz...? Fiscaliza as coisas que acontecem para poder... ou então... (risos da plateia)”, titubeou o dançarino, que foi interrompido por Gentili: “Não esquenta a cabeça não, Pepe. Até as eleições você aprenderá. Se você, quando for eleito, rebolar desse jeito, pra mim já está de bom tamanho”, ironizou o entrevistador.

Muito mais preparada politicamente, a Mulher Maravilha demonstrou que sabe muito mais do que “fugir” com o Super Man. “O vereador é o parlamentar mais próximo do povo porque é ele que ouve, que está ali e faz os projetos de lei na Câmara Municipal”, respondeu.

Quando Gentili perguntou se o ingresso do deputado federal Tiririca (PR-SP) na política teria incentivado suas candidaturas, a Mulher Maravilha falou sério.   “Eu acredito que seja impactante as pessoas verem uma dançarina querer ser candidata, mas as pessoas não conhecem a minha vida. Eu já trabalhei com três deputados na Assembleia Legislativa de Salvador (sic), já trabalhei na prefeitura, fui sub-gerente de museus da cidade, já trabalhei na Secretaria de Administração do Estado, e sou estudante de direito. Vejo na candidatura uma maneira de poder ajudar o meio que eu faço parte que é a arte e os artistas”, garantiu, segura, a Mulher Maravilha.

A dançarina só ficou sem graça, depois que revelou o seu desejo de se tornar delegada de polícia. “Com esses peitões, eu vou querer ser preso”, afirmou um dos entrevistadores.  “Mas eu vou cobrir eles”, garantiu a Mulher Maravilha.

Para o eleitorado “conhecer melhor” os candidatos para as próximas eleições em Salvador, um bate-bola foi feito por Gentili. A Mulher Maravilha foi sempre muito segura nas respostas, mas Pepe Safado nem tanto. Quando perguntado sobre um livro que tem na cabeceira da cama, Pepe pensou, pensou e não se lembrou de nenhum, arrancando mais gargalhadas da plateia.

O risco de investir em "celebridades", com penetração nas camadas populares, foi calculado pelo Democratas. Além de Pepe Safado e da Mulher Maravilha, Beijoca, ex-jogador do Bahia; Demetrio, figura muita conhecida e benquista na área da saúde; além dos ex-vereadores Décio Santana, Sérgio Nogueira e Antônio Lima serão candidatos em 2012.

A otimista perspectiva da legenda é de eleger quatro vereadores para trabalhar pela cidade na Câmara Municipal de Salvador. Mesmo que Pepe Safado ainda esteja estudando o que o vereador faz.

Foto: Reprodução/ Band

Classificação Indicativa: Livre