Política

“Temos tudo para ganhar a eleição em Feira”, avalia Zé Neto

Roberto Viana/BNews

Deputado federal é pré-candidato à prefeitura do município

Publicado em 10/02/2020, às 19h15    Roberto Viana/BNews    Juliana Nobre e Aina Kaorner

Pré-candidato à prefeitura de Feira de Santana, o deputado federal Zé Neto (PT) afirmou que o Partido dos Trabalhadores tem muitas chances de ganhar as eleições municipais, caso tenha maturidade.

“O Partido dos Trabalhadores tem uma chapa praticamente pronta, com harmonia, desde maio do ano passado, uma formatação que deu certo. Construímos uma chapa de vereadores consistente. A casa arrumada já é meio caminhado andado. Agora é ter paciência. Temos tudo para ganhar a eleição se tivermos maturidade e se apresentarmos um bom projeto, principalmente, que traduza uma inovação”, avaliou, em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (10), na cerimônia em comemoração ao aniversário de 40 anos do PT, na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Questionado pelo BNews sobre as possíveis composições de chapa, Zé Neto afirmou que ainda não há um cenário definido.

“Há várias suposições: composições de centro-esquerda que estão sendo montadas com o PSB, Rede, PCdoB e outros partidos. Tem a nossa [PT], tem a do prefeito [Colbert Martins (MDB)], a de Targino [Machado (DEM)], a dos evangélicos. É um momento de todo mundo se colocar. A tendência é as coisas irem se estratificando. Sentar a poeira e alinhar o jogo para ver o que vai resultar esse processo. Em Feira as coisas estão acontecendo muito soltas ainda, mas tudo isso é normal”, observou.

O deputado federal também aproveitou para tecer críticas à atual gestão, do prefeito Colbert Martins (MDB) e do ex-prefeito, José Ronaldo (DEM),

“Vinte anos depois, Feira tem uma micareta pior, um São João pior, um Centro da cidade pior, saúde básica e saúde ambulatorial piores, transporte coletivo que é o pior do Nordeste e o mais caro do Brasil, um BRT que eles não vão entregar. Se a oposição de Feira continuar tendo a maturidade que está tendo, vamos ganhar a eleição porque existe mais de 65% da população que quer mudar o jogo político”, disparou.

Classificação Indicativa: Livre