Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Crivella divulga panfletos com fake news durante campanha no Rio

[Crivella divulga panfletos com fake news durante campanha no Rio]
22 de Novembro de 2020 às 16:47 Por: Reprodução / Twitter Por: Redação Bnews

Panfletos do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), que disputa o segundo turno das eleições municipais no Rio, foram distribuídos para os cariocas com fake news. O material informava, sem provas, que o opositor Eduardo Paes (DEM) é a favor da legalização do aborto e das drogas, além da distribuição do "kit gay" nas escolas. 

O panfleto da campanha do atual prefeito traz a imagem dele e da sua vice, a tenente-coronel Andréa Firmo (Republicanos), opondo-se as temas propostos. A campanha tenta assimilar também a imagem de Paes ao deputado federal Marcelo Freixo (PSOL). Os dois já declararam publicamente que não há aliança política entre eles. "Eduardo Paes e seus amigos defendem (...) Crivella e Andréa Firmo são contra".

O UOL procurou a assessoria de Crivella que confirmou que os panfletos distribuídos são da campanha do atual prefeito. Pelas redes sociais, Paes classificou o atual prefeito como o "pai das mentiras" e negou apoio do PSOL.

"O PSOL, assim como vários outros partidos, recomendou a seus filiados para votarem para tirar o Crivella, pior prefeito da história do Rio. Mas é importante esclarecer que o PSOL não vai ter qualquer participação em um eventual governo meu. Aliás, eles já afirmaram que vão fazer oposição a mim na Câmara dos Vereadores", disse Paes.

Ao portal, Freixo afirmou que vai processar Crivella. Pelas redes sociais, o parlamentar também se posicionou sobre a distribuição dos panfletos. 

"Além de um péssimo prefeito, é um falso bispo, um falso religioso, um mentiroso. É inacreditável o que uma pessoa que ocupa o cargo de prefeito do Rio de Janeiro é capaz de fazer diante da surra que vai levar nas urnas. No dia de hoje, o prefeito Crivella, em campanha, espalhou panfleto divulgando que eu e o PSOL fizemos acordo com Eduardo Paes. É inacreditável. Não há acordo entre PSOL e Eduardo Paes, nosso voto no segundo turno não é apoio ao Paes, mas sim um veto ao Crivella", disse.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso