Política

Após ser preso, deputado Daniel Silveira se recusa a usar máscara e briga com policial no IML; veja vídeo

Reprodução/Twitter

Ele foi preso na noite da terça-feira (16) após ataques a ministros do STF

Publicado em 17/02/2021, às 12h04    Reprodução/Twitter    Redação BNews

Preso na noite da terça-feira (16) após ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), se recusou a usar máscara no Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto, no Rio, onde foi levado para passar por exame de corpo de delito. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento. [assista ao final da matéria]

Ao chegar ao local, o deputado foi informado pela policial que lá dentro o uso de máscara era obrigatório. Silveira alegou que possui uma "dispensa". No entanto a policial insistiu: “Para a nossa proteção e para a sua também, aqui dentro tem que usar máscara. Senhor, por favor, não fale comigo sem máscara. Não existe dispensa”.

"A senhora não manda em mim não. Acha que está falando com vagabundo? Pior coisa é militante petista que faz espetáculo. E se eu não quiser botar?", questiona ele.⠀

Após isso, a policial insistiu para que o deputado colocasse a proteção facial. "Se a senhora falar mais uma vez, eu não boto. Me respeita que você não está falando com um vagabundo não. A senhora é policial, e daí? Eu também sou polícia e deputado federal", respondeu ele, que eventualmente colocou a máscara.

Veja vídeo:

Classificação Indicativa: Livre