Política

Prefeito rescinde contrato com a CSN; auditoria constatou "irregularidades gravíssimas" 

[Prefeito rescinde contrato com a CSN; auditoria constatou "irregularidades gravíssimas" ]
27 de Março de 2021 às 11:42 Por: Reprodução Por: Raul Aguilar e Rafael Albuquerque

Em coletiva de imprensa na manhã deste sábado, o prefeito Bruno Reis detalhou o resultado da intervenção da prefeitura na Concessionária Salvador Norte, que faz parte do consórcio Integra Salvador. 

Segundo informações passadas por Bruno, a auditoria "mostrou número significativo de irregulariddaes graves e gravíssimas, com infração de normas legais, contratuais e regulamentares que comprometem direta e fortemente a prestação dos serviços".

Além disso, o relatório aponta que recursos foram retirados da empresa, sem qualquer controle, para pagamento de dívidas de outras empresas, inclusive de dívidas dos sócios. O levantamento também verificou que a frota está sucateada e que havia condições precárias de trabalho para os profissionais da empresa. 

Ao todo, a CSN tem R$ 516 milhões em dívidas de rescisões e processos trabalhisatas (de todos os trabalhadores da ativa), tributos, dívidas com muncípio e passivo com fornecedores e bancos. 

Diante do que viu no relatório, o prefeito decretou a caducidade do contrato, ou seja, rescindiu com a CNS. Segundo Bruno Reis, a prefeitura vai "responsabilizar quem deve ser responsabilizado" pela "gestão temerária".

Reis afirmou que nenhuma empresa da área no Brasil aceitou assumir a CSN, por isso a gestão continua sendo feita pela prefeitura.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar