Política

Assessor de Alden é citado em boletins de ocorrência por suposta agressão contra mulher

[Assessor de Alden é citado em boletins de ocorrência por suposta agressão contra mulher ]
04 de Maio de 2021 às 14:38 Por: Divulgação Por: Redação BNews

Um assessor parlamentar do deputado estadual Capitão Alden (PSL) é citado em boletins de ocorrência por suposta agressão e ameaça contra mulheres. As denúncias foram obtidas pelo site PNotícias e divulgadas nesta terça-feira (4).

De acordo com a matéria, a ameaça teria acontecido em 2018, enquanto a agressão, em 2019. O assessor teria duas passagens pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam).

A primeira ocorrência foi registrada no dia 11 de junho de 2018. De acordo com o documento, uma ex-namorada do assessor, com quem ele teria tido um relacionamento de 3 meses, um ano antes, foi cobrar o valor de R$ 550 a ele, correspondente a uma dívida. Após realizar a cobrança, a mulher disse ter sido xingada e teria ainda sido ameaçada com a publicação de fotos íntimas nas redes sociais.

Já o segundo boletim foi registrado no dia 8 de novembro de 2019, quando o assessor teria sido apresentado à 13ª Delegacia de Polícia (DP), no bairro de Cajazeiras, em Salvador, após supostamente agredir uma outra mulher.

“Conservador”

Procurada pela reportagem do PNotícias, a assessoria de comunicação de Capitão Alden (PSL) se limitou a responder apenas a respeito de um dos boletins, sem identificar qual.

A assessoria do deputado ainda garantiu que o assessor é “conservador do respeito à mulher”.

Confira abaixo a nota na íntegra:

Com relação à denúncia de um assessor do gabinete do deputado estadual Capitão Alden, ter sido alvo de queixas junto a uma delegacia, a assessoria de imprensa do parlamentar informa que de fato existe o profissional na equipe, mas quanto às referidas acusações quem tem que julgar o colaborador é a Justiça. No momento da contratação do profissional, a situação foi relatada, mas que o caso (ocorrido em 2019), inclusive, haveria a desistência por parte da denunciante. O delegado titular Marcos Laranjeira (13ª Delegacia), responsável pelo caso, pode fornecer informações adicionais sobre o caso. 

O deputado estadual Capitão Alden, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia, é um parlamentar conservador, que valoriza a família e o respeito às mulheres. Tanto que seu mandato possui diversos projetos voltados aos referidos temas citados, a exemplo, da criação de uma Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) em Luís Eduardo Magalhães e a criação de uma Frente Parlamentar Mista para de Prevenção ao Crime e à Violência. 

Toda e qualquer denúncia deve ser conduzida junto aos órgãos competentes, pois é assim que ele faz quando tem acesso a qualquer situação de queixas ou similares. Ele ressalta que não podemos tomar a postura de juiz, pois o Direito existe para fazer o seu papel

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar