Política

Pressionado pela CPI, Carlos Bolsonaro aconselha presidente a radicalizar discurso

Divulgação/CMRJ

O efeito do encontro pôde ser visto nas últimas declarações de Bolsonaro

Publicado em 06/05/2021, às 08h22    Divulgação/CMRJ    Redação Bnews

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) quer que o seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mude a narrativa, como já fez em outros momentos, evitando a imprensa e concentrando-se nas redes sociais, onde deve partir para o confronto que agrada à militância ideológica que lhe segue, tirando o foco dos problemas do seu governo. 

De acordo com o Extra, Carlos esteve por duas semanas em Brasília e se encontrou diversas no gabinete presidencial para traçar uma nova estratégia. A moderação no discurso adotada por Bolsonaro, sugerida por ministros e aliados do Centrão, na avaliação do filho, não foi suficiente para impedir a CPI da Covid  

O efeito do encontro pôde ser visto nas últimas declarações de Bolsonaro. Nesta quarta-feira (5), por exemplo, o chefe do Executivo, durante uma fala com referências indiretas ao STF (Supremo Tribunal Federal), afirmou que estuda editar um decreto que ele chamou de “direito de ir e vir” e que a medida não será "não será contestada por nenhum tribunal". 

Matérias relacionadas:

Em depoimento adiado na CPI da Covid, Pazuello tinha como alvo o STF

Após Bolsonaro ameaçar autonomia de estados e municípios, deputada repudia: 'anomalia política'

Classificação Indicativa: Livre