Política

Cacá Leão avalia como "brincadeira" possível ida de Bolsonaro para o PP

[Cacá Leão avalia como "brincadeira" possível ida de Bolsonaro para o PP]
20 de Maio de 2021 às 19:46 Por: BNews/Vagner Souza Por: Henrique Brinco

O deputado federal Cacá Leão avaliou que foi uma "brincadeira" a sinalização do presidente Jair Bolsonaro de que tem interesse em se filiar ao PP. "Hoje o Brasil só falou disso. O presidente Bolsonaro disse que está namorando, flertando, com o Progressistas.", brincou, em entrevista ao programa "BNews Agora", da Piatã FM, nesta quinta-feira (20).

Durante uma inauguração no Piauí ao lado do senador Ciro Nogueira (PP), Bolsonaro avaliou a legenda como um "grande partido". "Fui do partido Progressistas dele por muito tempo. Ele não 'tá' apaixonado por mim não, mas 'tá' me namorando. Quer que eu retorne ao partido. Quem sabe? Se ele for bom de papo. Não 'tô' me fazendo de difícil não, é um grande partido", disse o chefe do Palácio do Planalto.

Para Cacá, o arranjo tende a não se concretizar, sobretudo porque o PP tem diversas articulações regionais. Na Bahia, por exemplo, a sigla faz parte da base do governador Rui Costa (PT), tendo como vice-governador o presidente estadual João Leão, pai de Cacá.

"Eu levo isso como uma coisa de brincadeira. O Progressista é um partido muito ramificado e é muito difícil você consolidar isso em torno de uma candidatura majoritária à Presidência", disse Cacá.

"Sinceramente, acho difícil que venha avançar esse tipo de conversa. O presidente Bolsonaro deve buscar um partido mais voltado para a sua ideologia e ao que ele pensa politicamente. O Progressistas é um partido muito plural para receber o presidente", completou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar