Política

Rodrigo Maia terá oito dias para se defender de expulsão do DEM

[Rodrigo Maia terá oito dias para se defender de expulsão do DEM]
31 de Maio de 2021 às 20:15 Por: Divulgação Por: Redação BNews

A executiva nacional do DEM, liderada pelo ex-prefeito de Salvador ACM Neto, estabeleceu o prazo de 8 dias para o deputado federal Rodrigo Maia (RJ) se defender do pedido de expulsão apresentado contra ele.

Segundo o site Poder360, a cúpula do partido se reuniu na manhã desta segunda-feira (31) para discutir o tema. Neto sugeriu que uma mudança fosse feita no rito processual, para que houvesse o prazo para defesa. A deputada Dorinha Rezende (TO) será a relatora do caso.

Os deputados Efraim Filho (PB), líder do DEM na Câmara, e o deputado baiano Arthur Maia (BA) entregaram a representação em que pediam a expulsão sumária de Rodrigo Maia. O ex-presidente da Câmara Federal foi convidado para a reunião, mas não compareceu.

Maia disse à reportagem que já foi notificado sobre o prazo e vai anexar o pedido de expulsão à ação que ajuizou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). "“Ele fortalece a tese de grave perseguição do partido. Vai fortalecer e deixar cristalina a linha de ação de desfiliação no TSE”, afirmou.

Há duas semanas, Maia enviou ao presidente da Corte eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, o pedido de desfiliação por “justa causa”, para não perder o mandato de deputado federal.

Para Maia, a decisão do partido “vai contra a liberdade”. “Nunca vi alguém pedir expulsão sumária pela crítica a um filiado. Parece que o presidente [ACM Neto] está usando o partido para evitar críticas à gestão dele“, completou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar