Política

Mesmo preso, deputado Daniel Silveira gastou R$ 21 mil com “divulgação de atividade parlamentar”

[Mesmo preso, deputado Daniel Silveira gastou R$ 21 mil com “divulgação de atividade parlamentar”]
21 de Julho de 2021 às 14:28 Por: Divulgação/Câmara dos Deputados Por: Redação BNews

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso desde o mês passado por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), após não ter depositado a fiança de R$ 100 mil imposta pelo ministro Alexandre de Moraes depois de seguidas violações da tornozeleira eletrônica, conseguiu gastar R$ 21 mil da Câmara em julho com “divulgação de atividade parlamentar”.  As informações são da revista Veja. 

Prisão domiciliar

Silveira cumpria prisão domiciliar, no município de Petrópolis, e teve o novo mandado de prisão expedido no dia 24 de junho. O motivo da ordem de prisão foi o não pagamento da fiança, estipulada de R$ 100 mil, pelos reiterados problemas de violações na tornozeleira eletrônica, por falta de bateria ou rompimento, que Silveira é obrigado a usar.

Na época o parlamentar passou por exame no Instituto Médico Legal (IML). Silveira havia sido preso no dia 16 de fevereiro, em flagrante, por crime inafiançável, após o parlamentar ter divulgado um vídeo em que atacava os ministros do STF. A primeira ordem de prisão também foi expedida por Alexandre de Moraes.
 

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar