Política

Átila do Congo justifica permanência no Patriota: "Bolsonaro não vem"

Arquivo

"Por esse motivo fiquei", diz novo presidente municipal do partido

Publicado em 30/07/2021, às 15h44    Arquivo    Henrique Brinco

O novo presidente municipal do Patriota em Salvador, Átila do Congo, justificou ao BNews o motivo de permanecer na agremiação mesmo após ter ameaçado se desfiliar da legenda. Após reunião com membros municipais e estaduais, ele também também ficará como líder do partido na Câmara Municipal de Salvador. 

Segundo Átila a desistência do presidente Jair Bolsonaro em se filiar na legenda foi o principal motivo para continuar no partido. "Bolsonaro não vem. Por esse motivo fiquei", declarou à reportagem.

Em maio, após a notícia de que o senador Flávio Bolsonaro se filiou ao Patriota para abrir caminho para a chegada do pai, Átila elevou o tom contra o presidente e vociferou que não compactua com "miliciano e genocida". "Não posso admitir permanecer na mesma sigla desse irresponsável", disse, na ocasião.

Leia também:

Átila do Congo assume presidência do Patriota em Salvador

Classificação Indicativa: Livre