Política

Vereadora de Salvador propõe proibição de homenagens a escravocratas

Divulgação

Assunto voltou à tona recentemente com o incêndio da estátua de Borba Gato

Publicado em 11/08/2021, às 15h00    Divulgação    Henrique Brinco

A vereadora Marta Rodrigues (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Salvador, apresentou um projeto de lei que acrescenta ao Estatuto da Igualdade Racial dispositivos que proíbem e pedem a retirada de homenagens a escravocratas - monumentos, bustos e nomes de ruas - e eventos históricos ligados às práticas escravagistas em logradouros públicos do município.

No Estado de São Paulo projeto similar foi apresentado pela deputada Erica Malunguinho e no Rio pelas parlamentares Renata Souza e Mônica Francisco, ambas do PSOL. O assunto voltou à tona recentemente com o incêndio da estátua de Borba Gato, em São Paulo.

"Estas áreas, ruas, prédios, espaços públicos que têm referências alusivas a escravocratas e à escravidão, deverão ser renomeados no prazo máximo de 12 meses a contar da data de publicação desta lei", explicita o projeto.

De acordo com o texto, os monumentos e bustos, que existirem, devem ser retirados das vias públicas e armazenados em museus, para fins de preservação do patrimônio histórico do estado, com as devidas contextualizações. "Uma coisa é preservar a história, em museus, com contextualização histórica, outra coisa é homenagear nas vias públicas escravocratas e pessoas que atentaram contra a nossa liberdade", explica.

Ainda conforme o projeto, o Conselho Municipal das Comunidades Negras funcionará como instância deliberativa sobre os processos que envolvam as questões trazidas na proposição. 

Leia também:

Estátua de Borba Gato é incendiada em São Paulo; saiba quem ele era

Incêndio em estátua de Borba Gato foi financiado por “vaquinha”, diz manifestante

PSOL propõe plebiscito para decidir sobre destino da estátua de Borba Gato

Regina Duarte fica em silêncio sobre Cinemateca, mas se pronuncia sobre fogo em estátua de Borba Gato

Classificação Indicativa: Livre