Política

Pressionado, Arthur Lira deve se pronunciar sobre ameaças de Bolsonaro ao STF

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Publicado em 08/09/2021, às 12h44    Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil    Redação BNews

O discurso de Jair Bolsonaro em Brasília e São Paulo nesta terça-feira, no 7 de setembro, deixou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), preocupado. Pressionado por lideranças partidárias, o deputado eleito à presidência da Casa com o apoio do Planalto deve fazer um pronunciamento na tarde desta quarta-feira (8).

No Twitter, o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), admitiu que a abertura de um processo de impeachment contra Bolsonaro se tornou "inevitável" com as últimas ameaças. 

""Não tenho dúvidas de que qualquer ato de violência contra o Congresso ou o STF em ato que teve a participação do presidente da República tornará inevitável a abertura do processo de impeachment", escreveu.

Classificação Indicativa: Livre