Política

Imbróglio no valor do Auxílio Brasil derruba sessão na Câmara e “causa crise no seio do governo”, avalia deputada

Arquivo BNews

Palácio do Planalto desistiu, nesta terça-feira (19), da cerimônia que anunciaria o novo programa, marcada para esta tarde

Publicado em 19/10/2021, às 19h22    Arquivo BNews    Tamirys Machado

O adiamento do anúncio do programa Auxílio Brasil, que deve substituir o Bolsa Família, causou clima tenso na Câmara dos Deputados, conforme fontes ouvidas pelo BNews. O Palácio do Planalto desistiu, nesta terça-feira (19), da cerimônia que anunciaria o novo programa, marcada para esta tarde. Isso por causa da falta de consenso em relação ao valor do benefício, que deve R$ 400 por família. A possibilidade de o governo aumentar gastos acima do teto fez com que o governo recuasse. O valor anterior era de R$300. 

Em conversa com o BNews, a deputada oposicionista Alice Portugal (PCdoB-BA), disse que representantes do governo chegaram e suspenderam a sessão ao anunciar que não teria mais a cerimônia. Segundo a parlamentar, o ministro da Economia Paulo Guedes teria batido na mesa e ameaçado se demitir caso o valor fosse mesmo R$400.

“O governo está totalmente perdido, sem uma construção de saúde econômica, e a solução paliativa de dois meses de resíduo, de R$ 400, foi contestada pelo Guedes, que bateu na mesa e ameaçou se demitir, isso é o que ficamos sabendo. A sessão foi suspensa, acabou quando causando um abalo aqui. Os representantes do governo chegaram na Câmara e suspenderam a sessão, vejo uma crise no seio do governo” , relatou a deputada.

A repercussão do programa também afetou a Bolsa de Valores brasileira, que operava em forte queda e o dólar avançava firme na tarde desta terça-feira. 

A parlamentar avaliou o fato como “crise no seio do governo federal”.  Esse desarranjo no governo, instabilidade política e econômica deixa o país à deriva, bolsa caindo, dólar subindo..”, disparou. 

Em entrevista à imrpensa, o ministro da Cidadania João Roma afirmou que cerca de 17 milhões de pessoas devem ser beneficiadas com o Auxílio Brasil. No caso do Bolsa Família era uma médica de 14,6 milhões de brasileiros atendidos, com um benefício médio mensal de R$ 191. Conforme a CNN, em  em 2019, o investimento no Bolsa Família foi de R$ 33,1 bilhões. Já a estimativa para o Auxílio Brasil é de R$ 60 bilhões.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Relacionadas: 

Relator do IR, Coronel ataca texto e ameaça plano de Guedes para Auxílio Brasil
Bolsonaro quer que Auxílio Brasil chegue a R$ 400

Classificação Indicativa: Livre