Política

Após revelar voto em Ciro em 2002, ACM Neto declara ter votado em Lula no segundo turno

Eliezer Santos / Bnews

Publicado em 29/10/2021, às 10h23    Eliezer Santos / Bnews    Eliezer Santos e João Brandão

O presidente nacional do Democratas e futuro pré-candidato a governador da Bahia, ACM Neto, admitiu ter votado em Lula no segundo turno das eleições em 2002. Essa semana, o ex-prefeito de Salvador revelou ter votado em Ciro Gomes nesta mesma eleição.

Neto foi questionado nesta sexta-feira (29) se tem arrependimento por ter votado em Jair Bolsonaro nas eleições de 2014, e respondeu que não pode voltar ao passado e fazer novos julgamentos.

"Não suporto aplaudir engenheiro de obra pronta. Naquele momento não foi apenas em quem votou em Bolsonaro. Foram mais de 50 milhões de brasileiros, esperando uma série de coisas que não aconteceram", justificou.

Neto comparou com o voto que deu a Lula em 2002, no segundo turno. "Não faço juízo do voto que dei em Lula, não vou fazer do voto que dei em Bolsonaro no segundo turno. Em nenhuma das duas oportunidades eles foram minhas escolhas preferenciais. Minhas primeiras escolhas. Engenheiro de obra pronta é fácil", completou.

Classificação Indicativa: Livre