Política

Ciro Gomes suspende pré-candidatura à presidência: "Surpresas fortemente negativas"

Divulgação

Publicado em 04/11/2021, às 08h26    Divulgação    Luiz Felipe Fernandez

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) anunciou que a sua pré-candidatura à presidência da República está suspensa. A decisão foi tomada após insatisfação com o posicionamento de boa parte da bancada do partido na votação do primeiro turno da PEC dos Precatórios, finalizada na madrugada desta quinta-feira (4).

O pedetista usou as redes sociais para lamentar as "surpresas fortemente negativas" e disse que só restava a ele um único "caminho", que era de suspender a sua intenção de disputar a majoritária em 2022, até que o partido "reavalie sua posição".

Dos 24 deputados do PDT eleitos na Câmara, 15 votaram a favor da proposta, enquanto 9 se posicionaram contra. Na Bahia, o presidente estadual da sigla, o deputado federal Félix Mendonça Jr., e Alex Santana (PDT), foram favoráveis a PEC.

Leia mais

-Ciro volta a criticar Lula e diz que petista "nunca pediu perdão pelos erros"

-Lira se reúne com líderes partidários e apresenta proposta para votação da PEC dos Precatórios ainda nesta quarta

-PGR defende que precatórios municipais e estaduais vencidos até final do ano sejam pagos até 2024

Classificação Indicativa: Livre