Política

MPF vai apurar proibição de linguagem neutra em projetos da Rouanet

Divulgação

Publicado em 13/11/2021, às 09h32    Divulgação    Redação BNews

O MPF (Ministério Público Federal) vai investigar a proibição da Secretaria da Cultura do governo Bolsonaro ao uso da chamada "linguagem neutra" - palavras como "presidentx" para os dois gêneros - nos projetos aprovados pela Lei Rouanet.

De acordo com a coluna de Guilherme Amado, no site Metrópoles, a abertura do inquérito foi por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do Acre. Segundo a pasta, a portaria assinada da Secretaria da Cultura infringe direitos como igualdade, dignidade humana e direito à cultura, além de eventual censura prévia.

Matérias Relacionadas: Secretário da cultura veta passaporte sanitário em projetos da Lei Rouanet

Secretaria de Cultura do governo federal divulga nota lamentando morte de Marília Mendonça

Assinado pelo secretário de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciúncula, o documento diz que o financiamento de projetos que usam ou fazem alusão do que “se convencionou em chamar” linguagem neutra, está proibido.

Classificação Indicativa: Livre