Política

Nova CPI: Coletadas metade das assinaturas para apurar orçamento secreto

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Publicado em 13/11/2021, às 10h45    Tânia Rêgo/Agência Brasil    Redação BNews

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição, já tem metade das assinaturas para instalar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do "orçamento secreto". As informações são da coluna de Igor Gadelha, no site Metrópoles.

O senador, que foi vice-presidente da CPI da Covid, informou que, até o momento, já conseguiu 14 das 27 assinaturas mínimas necessárias. A ideia é acelerar a busca por apoio na próxima semana, quando a comitiva de senadores que foi à COP26 (Conferência sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas) retorna ao Brasil.

Randolfe começou a colher assinaturas para a CPI na terça-feira (9). Ele quer criar a comissão para investigar o pagamento das emendas de relator, que ficou conhecido como “orçamento secreto”. A modalidade é utilizada por governistas para cooptar parlamentares em votações importantes no Congresso.

Matérias Relacionadas

STF forma maioria para manter suspensão do "orçamento secreto"

Classificação Indicativa: Livre