Política

Marta Rodrigues afirma que protesto contra Bolsonaro é "luta é unificada"

Vagner Souza // BNews

Vereadora compareceu ao protesto contra o presidente que aconteceu no Campo Grande, em Salvador

Publicado em 20/11/2021, às 17h21    Vagner Souza // BNews    Rafael Albuquerque

A vereadora Marta Rodrigues (PT) esteve presente no protesto contra Bolsonaro, realizado na tarde deste sábado (20) no Campo Grande, centro de Salvador. 

Ao BNews, a petista falou sobre a importância do movimento na data simbólica de 20 de Novembro. "Essa é a 42ª Marcha Dandara e Zumbi, que nos convergimos o Movimento Negro, o Fora Bolsonaro e o Movimento Sindical, todos esses movimentos que no dia a dia vêm sofrendo com esse retrocesso, com esse desmonte, com a PEC 32, com o Bolsa Família, que agora é Auxílio Brasil, que atinge diretamente o nordeste e Salvador. A maioria dessas pessoas atingidas são mulheres e negras", desabafou.

Leia também:

"Estamos lutando contra um governo racista", diz Aladilce Souza sobre Bolsonaro em manifestação pela consciência negra
Presidente do Sindicato dos Rodoviários descarta greve por causa de impasse envolvendo ex-funcionários da CSN
'Consciência Negra é um dia para lembrar que a causa antirracista tem que estar presente o ano inteiro', diz diretor da CUT

Marta também criticou o "genocídio do povo negro" e o "retrocesso das políticas sociais". 

"Então, esse grito que estamos dando hoje nas ruas dizendo não ao genocício do povo negro, não ao retrocesso das políticas sociais, não às privatizações e não à mudança do nome da Fundação Palmares como o capitão do mato está dizendo que vai fazer. Essa nossa bandeira de luta é unificada. Salvador tem que ecoar bem alto o fora bolsonaro e o não ao retrocesso da política que atinge diretamente o povo negro, e a nossa democracia que está sendo ameaçada", finalizou em entrevista ao BNews. 

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter.

Classificação Indicativa: Livre