Política

Absolvido no mensalão, Duda Mendonça pede desbloqueio de bens

Em 2006, o Ministério Público Federal calculava que Duda devia cerca de R$ 30 milhões ao governo

Publicado em 10/01/2013, às 12h38        Redação Bocão News - (Twitter: @bocaonews)

O publicitário Duda Medonça e sua sócia Zilmar Fernandes pediram na segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF), o desbloqueio de seus bens. Os dois foram absolvidos no julgamento do mensalão das acusações de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

De acordo com o advogado de Duda, Luciano Feldens, a petição encaminhada à Suprema Corte "é muito simples". "É uma consequência imediata da absolvição", disse ele. "O bloqueio era para garantir uma eventual pena, restrição patrimonial, se houvesse condenação", afirmou o defensor.

Os bens do publicitário foram bloqueados em julho de 2006. Na época, o Ministério Público Federal calculava que Duda devia cerca de R$ 30 milhões ao governo. Em 2008, o publicitário entrou com um pedido para substituir o bloqueio por uma carta fiança, o que foi negado pelo STF. Duda alegava que sua dívida era de R$ 7 milhões, e que parte dela já havia sido quitada com a Receita.

Matéria originalmente publicada às 09h38 do dia 10/01.

Classificação Indicativa: Livre