Política

Eleições 2014: Wagner procura nome para substituí-lo

Otto Alencar se articula para entrar na disputa pelo governo da Bahia

Publicado em 13/01/2013, às 09h40        Redação Bocão News - (Twitter: @bocaonews)

O governador da Bahia, Jaques Wagner, ainda não revelou quem irá sucedê-lo em 2014. Sem um candidato do partido para sucedê-lo, o governador avalia que seria interessante trabalhar o nome, como fez o ex-presidente Lula, quando a atual presidente Dilma, e mais recente a candidatura de Fernadndo Haddad São Paulo, de acordo com informações publicadas na coluna Tempo Presente, no jornal A Tarde, deste domingo (13).

Até agosto deste ano, o petista - que sumiu no início da campanha de Nelson Pelegrino (PT) à prefeitura de Salvador-, tentará, segundo a publicação, fechar uma equação que envolve a capacidade de manter o grupo político unido, a avaliação do potencial eleitoral, além da sintonia com o projeto nacional, de reeleição da presidente Dilma.

E quem vem se articulando bem é o vice-governador, Otto Alencar (PSD). Nas cidades do interior da Bahia, Alencar emplacou dezenas de prefeitos leais, suplantando partidos da base aliada em disputas diretas. E de acordo com o colunista Jairo Costa, do jornal Correio, “para completar, nunca diz não aos pedidos que chegam a ele no comando da Secretaria de Infraestrutura”.

Classificação Indicativa: Livre