Política

Clima esquenta: Geddel chama Zé Neto de grosseiro

Petista criticou a postura dos irmãos Vieira quanto à eleição para presidência da UPB

Publicado em 23/01/2013, às 12h57        Adelia Felix (Twitter: @adelia_felix)

O clima continua quente entre os caciques do PMDB, Lúcio Vieira Lima e Geddel Vieira Lima, e o líder da bancada governista na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o deputado estadual Zé Neto (PT). Na última terça-feira (22), o petista entrou em contato com o Bocão News e criticou a postura dos irmãos Vieira quanto à eleição para presidência da UPB, que acontece nesta quarta-feira (23).
O parlamentar entrou em contato com a reportagem do Bocão News, na tarde desta terça-feira, para fazer críticas às posturas dos caciques peemedebistas: “Há algum tempo, o PMDB perdeu o protagonismo. Qual foi o legado que Geddel e Lúcio trouxeram para o estado? O que eles fizeram está muito aquém do barulho que eles fazem. Acredito que poderia ser ótimo se fosse chapa única. Mas é bom e a candidatura de Wilson Cardoso (PSB) fortalece o processo democrático”, declarou.
Geddel fez um curto comentário sobre as declarações do deputado estadual: "Agora que vi as declarações do Dep Zé Neto,que coisa grosseira" (sic), comentou em seu perfil no Twitter na noite de terça.
Ainda sobre a disputa pela UPB, o presidente da legenda, Lúcio Vieira Lima aponta a candidatura de Wilson Cardoso, prefeito de Andaraí, “como uma boa opção” para dirigir a UPB. Os peemedebistas selaram o apoio em almoço nesta terça-feira (22), num restaurantes da orla de Salvador.

Nota originalmente postada às 6h57 do dia 23

Zé Neto diz que Lúcio e Geddel “pongam” nas eleições da UPB

Classificação Indicativa: Livre