Política

Aécio acusa Dilma de usar máquina pública a seu favor

Imagem Aécio acusa Dilma de usar máquina pública a seu favor

Para o governador, a presidente fazer campanha para as eleições de 2014

Publicado em 24/01/2013, às 22h07        Redação Bocão News (twitter: @bocaonews)


Provável candidato do PSDB à Presidência da República em 2014, o senador Aécio Neves (MG) acusou nesta quinta-feira (24) a presidente Dilma Rousseff de usar a máquina pública para fazer campanha política. Segundo o Folha de São Paulo, o senador disse que a cadeia nacional de rádio e TV convocada ontem para Dilma anunciar a redução na conta de luz comprova que a petista "mistura o público com o particular".

"Sem razão que justificasse a formação de uma rede nacional obrigatória, vimos a apropriação de um instrumento de Estado para fins político-partidários. Falou à nação não a presidente da República, mas um partido político, evidenciando, como nunca antes neste país, a mistura entre o público e o particular; o institucional e o partidário", disse o senador.

O tucano também afirmou que o uso da TV foi "mais um exemplo inaceitável de como o PT usa, sem constrangimentos, estruturas de Estado para alcançar seus objetivos políticos". Na opinião de Aécio, o episódio vai se transformar em "marco de quebra do princípio da impessoalidade no exercício da Presidência da República".

Classificação Indicativa: Livre