Política

Caetité: carlistas locais homenageiam ACM por 6 anos de morte

Imagem Caetité: carlistas locais homenageiam ACM por 6 anos de morte

Petistas da cidade ficaram loucos de ódio com a ideia, mas nada puderam fazer

Publicado em 23/07/2013, às 10h59        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

A figura do falecido senador Antônio Carlos Magalhães (1927 – 2007) sempre foi polêmica e despertou amor e ódio ao longo de toda a sua vida pública. Morto há seis anos, há muita gente que sente muita saudade do ex-governador e, neste diapasão, carlistas que moram na cidade de Caetité, no Sudoeste da Bahia, resolveram homenagear a memória de ACM. Espalharam outdoors na cidade lembrando a data de desaparecimento do político com uma série de elogios.
Na mensagem, os partidários de ACM disseram que no último dia 20 a Bahia perdeu seu “maior amigo” e que, antigamente, o estado tinha “um governador de verdade”. A mensagem foi espalhada pelas ruas da cidade e quem não gostou nada foram os petistas locais. Mesmo tiriricas da vida, não havia como vandalizar e destruir os outdoors Caetité afora e o “desagravo” teve de ser tolerado.
A iniciativa de fazer os outdoors foi, segundo as fontes da informação, do carlista Elthom Glaydson, que tradicionalmente apoiava o "Cabeça Branca" na cidade. Curioso é que em Salvador, principal reduto político carlista e onde o neto do ex-senador é prefeito desde o início do ano, nenhuma homenagem semelhante foi feita além da que a própria família já lhe rende anualmente.

Classificação Indicativa: Livre