Política

Bolsonaro: Jornalista ofendida por presidente vence processo na justiça

Agência Brasil

Jornalista Patrícia Campos Mello venceu nesta quarta-feira (29) o processo em segunda instância contra Jair Bolsonaro por 4 votos a 1

Publicado em 29/06/2022, às 10h51    Agência Brasil    Redação / BNews

A jornalista Patrícia Campos Mello venceu nesta quarta-feira (29) o processo em segunda instância contra Jair Bolsonaro por 4 votos a 1, em ação no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). O chefe do Executivo fez insinuação de que a colunista da Folha de S. Paulo oferecia sexo em troca de informações para o trabalho jornalístico.

“Ela queria, ela queria um furo. Ela queria dar o furo [risada geral] a qualquer preço contra mim”, disse o presidente contra a jornalista.

A decisão de primeiro grau contra Bolsonaro foi proferida em março de 2021 pela juíza Inah de Lemos e Silva Machado, da 19ª Vara do Foro Central Cível de São Paulo. A jornalista pediu uma indenização de R$ 50 mil por danos morais, mas o valor foi definido em R$ 20 mil.

Em janeiro daquele mesmo ano, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, já havia sido condenado a indenizar a jornalista em R$ 30 mil, por dizer que ela “tentava seduzir [fontes] para obter informações que fossem prejudiciais ao presidente Jair Bolsonaro”.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre