Política

Carlos Muniz se pronuncia sobre homenagem polêmica a Jorge Vercillo

BNews / Divulgação
Artista recebeu o título inexistente de Cidadão Soteropolitano das mãos da cantora Ivete Sangalo  |   Bnews - Divulgação BNews / Divulgação

Publicado em 11/06/2024, às 20h46 - Atualizado às 20h57   Thiago Teixeira e Henrique Brinco



O presidente Carlos Muniz (PSDB) se pronunciou, em entrevista ao BNews nesta terça-feira (11), sobre a polêmica homenagem ao cantor Jorge Vercillo entregue sem aprovação da Câmara de Salvador. O artista recebeu o título inexistente de Cidadão Soteropolitano das mãos da cantora Ivete Sangalo.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp!

"É um título de cidadão que não existiu. A Câmara Municipal não deu esse título. Vamos averiguar o que foi que houve. Vamos fazer o que for necessário para que isso não venha mais a acontecer. Não sabemos ainda como foi que aconteceu. Mas pode ter certeza que será averiguado pela Câmara e pelas pessoas responsáveis", declarou o edil.

Mais cedo, o vereador George Gordinho da Favela (PP) classificou a homenagem como "simbólica"  e disse quue foi feita apenas para "incluir a homenagem na gravação do audiovisual, devido a importância do artista e a relação que ele mantém com a cidade". 

"Vamos votar o projeto concedendo o Titulo de Cidadão a Jorge Vercillo, sobretudo devido à relação que ele mantém com nossa capital", disse o vereador, em nota, ao explicar a excepcionalidade da entrega simbólica da honraria.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp