Coronavírus

Prefeitura de Salvador sela parceria com Ambev para apoio a profissionais de eventos; setor movimenta R$ 2 bilhões na cidade

[Prefeitura de Salvador sela parceria com Ambev para apoio a profissionais de eventos; setor movimenta R$ 2 bilhões na cidade ]
07 de Abril de 2021 às 15:27 Por: Roberto Viana/Arquivo BNews Por: Marcio Smith

A prefeitura de Salvador assinou nesta quarta-feira (7) um contrato com a cervejaria Ambev para uma doação de R$ 1,2 milhão para o pagamento de auxílio emergencial a profissionais da cultura e entretenimento de Salvador, através do SOS Cultura. De acordo com o prefeito Bruno Reis (DEM), o setor costumava gerar cerca de dois bilhões de reais para a economia soteropolitana. 

"A Ambev é uma parceira história da cidade. Nesse momento reconhecemos a sensibilidade da empresa em firmar essa parceria com a prefeitura. Esse é o segmento mais afetado, eles nunca conseguiram retornas as atividades [...] Esses recursos irão beneficiar as pessoas da ponta, que estão precisando [...] Tenha certeza que nossa cidade agradece ao apoio", afirmou o prefeito.  

O diretor de Relações Institucionais da empresa, Rodrigo Moccia, afirmou que a Ambev tem buscado auxiliar desde o início do combate a pandemia do coronavírus, com doações de máscaras e álcool em gel para cidades. 

"A gente sentia que precisava fazer algo a mais para o setor cultural, para o setor de eventos. Esse setor que foi o primeiro a parar e deve ser o último a retomar. Estamos fazendo hoje um investimento de R$ 1,2 milhão. Esperamos poder atingir até seis mil famílias de Salvador", detalhou Moccia. 

Com o programa, a prefeitura vai conceder um auxílio no valor de R$ 1,1 mil para profissionais do ramo. A expectativa é atingir cerca de seis mil trabalhadores de diversas áreas da cultura, impactados pela ausência de eventos na capital baiana. 

O investimento total será de R$ 6,6 milhões. Deste valor, 50% serão pagos pela prefeitura e a outra metade subsidiada pela iniciativa privada. O valor doado pela Ambev corresponde a aproximadamente 40% da cota do programa destinada ao setor privado.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar