Coronavírus

'Gabinete do Ódio' será alvo de convocação da CPI da Covid

['Gabinete do Ódio' será alvo de convocação da CPI da Covid]
27 de Abril de 2021 às 06:27 Por: Agência Brasil Por: Redação BNews

Os funcionários do Palácio do Planalto que integram o chamado “gabinete do ódio” serão alvos de um pedido de convocação da CPI da Covid, que será instaurada nesta terça-feira (27) no Senado. Após pedido do PT, serão chamados os assessores da presidência da República Tércio Arnaud Tomaz, José Matheus Salles Gomes e Mateus Matos Diniz, apontados como responsáveis por ataques a adversários do presidente nas redes sociais.

A oposição tem como alvo fake news espalhadas nas redes sociais durante a pandemia, como forma de boicotar as medidas sanitárias de prevenção à Covid-19, como uso de máscara, além de ataques a autoridades que decretaram medidas de isolamento social, como governadores e prefeitos.

Os senadores pretendem solicitar dados compartilhados da CPMI das fake news para tentar descobrir se houve dinheiro público e até privado de apoiadores do presidente na disseminação de ataques e notícias falsas relacionadas à pandemia.

“Se o presidente da CPI da Covid requisitar algum material, não há problema nenhum. O que for pedido sobre fake news relacionadas às vacinas, Covid-19, estamos dispostos a compartilhar”, disse o senador Angelo Coronel (PSD-BA), presidente da CPMI das fake news.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar