Coronavírus

CPI da Covid: Fábio Vilas-Boas rebate senador bolsonarista após vídeo sobre cloroquina

[CPI da Covid: Fábio Vilas-Boas rebate senador bolsonarista após vídeo sobre cloroquina]
20 de Maio de 2021 às 17:22 Por: Reprodução/TV Por: Henrique Brinco

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, rebateu em nota as declarações do senador bolsonarista Marcos Rogério (DEM), que mostrou um vídeo dele em que fala sobre o tratamento médico com a cloroquina para a Covid-19, em ambiente hospitalar e acompanhamento médico. A gravação foi feita no ano passado, quando ainda não haviam estudos suficientes sobre o medicamento.

"Soube que um Senador do Norte levou à CPI um vídeo meu, do início da pandemia, onde informo que adquirimos hidroxicloroquina para uso hospitalar em pacientes internados com Covid19. Todos sabem que naquela época não havia evidências da ineficácia desses medicamentos", declarou o baiano, no fim da tarde desta quinta-feira (20).

"Mesmo assim, prudentemente, liberamos para uso HOSPITALAR, sob responsabilidade do diretor médico. Poucos meses depois, à luz das evidências acumuladas, emitimos uma recomendação contrária ao uso em qualquer circunstância e proibimos o uso no âmbito das unidades assistenciais de saúde do governo do estado", completou.

No vídeo ainda, ainda aparecem nomes como os governadores Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, e Wellington Dias (PT), do Piauí, além do governador de São Paulo, João Doria (PSDB) e o médico Davi Uip. 

Nos últimos meses, a cloroquina saiu do status de "eficácia não comprovada" à "ineficácia comprovada" diante de diversos estudos que apontaram o fracasso do medicamento contra a Covid-19.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar