Política

Deputado da 'CPI da Coelba' vai à Justiça contra alta da tarifa de energia

Tum - Divulgação

Decisão da Agência Nacional e Energia Elétrica (Aneel) aumenta tarifa em 21%

Publicado em 20/04/2022, às 18h30 - Atualizado às 18h38    Tum - Divulgação    Redação

Autor do pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação da Coelba, o deputado estadual Tum (Avante) vai à Justiça contra a decisão da Aneel que aumenta em 21% a tarifa de energia.

O parlamentar anunciou que apresentará, por meio do Avante, uma ação civil pública questionando a legalidade da medida, aprovada na terça-feira (19) pela Agência Nacional de Energia Elétrica. O reajuste entra em vigor na sexta (22).

Leia também: Presidente da AL-BA confunde pergunta e responde sobre outra CPI

Tum aponta que a majoração da tarifa beneficia a Coelba, que deve "explicações" à população baiana. “Por isso, é inadmissível que a agência reguladora autorize um reajuste nessas proporções, num momento de crise e para uma empresa irresponsável e dona de um monopólio”, critica.

O deputado cobrou ainda "sensibilidade" dos líderes do governo e oposição, Rosemberg Pinto (PT) e Sandro Régis (União Brasil), para levar à frente a CPI de sua iniciativa, emperrada na AL-BA.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre