Educação

Secretário critica 'posição obstinada' da APLB e diz que 'interesse das crianças é maior'

[Secretário critica 'posição obstinada' da APLB e diz que 'interesse das crianças é maior']
03 de Maio de 2021 às 14:49 Por: Arquivo BNews Por: Léo Sousa

O secretário municipal de Educação, Marcelo Oliveira, voltou a criticar nesta segunda-feira (3) a posição da Associação dos Professores Licenciados do Brasil - Secção Bahia (APLB-BA) sobre a volta das aulas presenciais em Salvador.

O retorno de forma semipresencial - turmas divididas pela metade, com frequência intercalada - ocorreu na manhã de hoje.

A APLB afirma que os professores só voltarão às salas de aula quando toda a categoria estiver imunizada contra a Covid-19.

Em entrevista à Record TV Itapoan, o secretário avaliou a posição da entidade como "obstinada". "Nada sugere crianças perderem mais quatro meses de aula [...] É uma cisão, sem sombra de dúvidas, obstinada. O interesse das nossas crianças é maior", argumentou.

Apesar disso, Marcelo Oliveira admitiu que o movimento nas escolas municipais foi baixo, neste primeiro dia. "Isso, por preocupação dos pais com a segurança. Mas o ambiente é absolutamente seguro. Muito mais seguro que aqueles que professores e alunos estão expostos no cotidiano", assegurou o titular da Smed.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar