Eleições 2020

Prates desiste oficialmente de pré-candidatura em Salvador, mas avisa: "Um sonho não morre"

[Prates desiste oficialmente de pré-candidatura em Salvador, mas avisa:
Por: BNews/Arquivo Por: Henrique Brinco 0comentários

O secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates (PDT), divulgou uma carta aberta em que anuncia que desistiu oficialmente de ser pré-candidato à prefeitura. Procurado pelo BNews, ele confirmou a informação. "Não vou sair da secretaria. Decidi agora", declarou.

Intitulada "Um sonho não morre", a carta descreve toda a sua trajetória política, elenca uma série de justificativas para a saída da corrida eleitoral e deixa implícito que ele apenas adiou o projeto político de comandar o Palácio Thomé de Souza. Prates reafirma que a pandemia do novo coronavírus inviabilizou a campanha.

"Quis o destino que eu estivesse na cadeira de secretário de saúde quando testemunhamos Salvador encarar um dos seus maiores desafios, a guerra contra o Novo Coronavírus. Frente a este momento entendi que os planos tinham mudado, o meu objetivo de cuidar das vidas do povo de Salvador ainda não viria pela disputa eleitoral, mas pela dedicação ao cargo que já ocupava na saúde do município", declarou.

O secretário, que não se desincompatibilizou da pasta após um pedido do prefeito ACM Neto, vinha até então alimentando a ideia de que poderia ser beneficiado com os novos prazos eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PDT, inclusive, fez uma consulta oficial para saber se pré-candidatos envolvidos no combate à pandemia também poderiam ser beneficiados com um prazo mais elástico. A resposta ainda não saiu.

Vale lembrar que Prates também era cotado para a vice do pré-candidato do DEM, Bruno Reis. Como alternativa, o PDT filiou a também ex-secretária Ana Paula Matos como opção para o posto. O grupo carlista também negocia a vice com o Republicanos, que tem a recém-filiada Ivete Sacramento - outra ex-secretária de Neto - em seus quadros, além de Geraldo Júnior (MDB).

"As decisões definitivas serão tomadas em momento oportuno em conjunto com o partido, mas a nossa principal luta segue firme, um PDT mais forte em toda a Bahia, em prol de um verdadeiro projeto de desenvolvimento nacional", finaliza a carta de Prates.

Leia na íntegra:

Um Sonho não morre

Amigas e amigos,

Muito vem sendo especulado em relação à minha participação no pleito eleitoral deste ano, e por isso sinto que é necessário tocar neste assunto agora. Governar a cidade onde nasci sempre foi um desejo pessoal, são mais de 20 anos de vida pública almejando aquilo que este ano cheguei tão perto de alcançar: conversar com cada cidadão, e edificar junto a tantas outras mãos uma proposta para tornar Salvador um cidade mais justa e igual para todos. Porém, nunca deixei de confiar em Deus, meu principal mentor, e todos os sinais que ele esteve me enviando ao longo desse tempo.

É por isso que acredito não ter sido à toa o convite que recebi em 2019, para comandar a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza. Ao ingressar no executivo assumi um grande risco e coloquei muitos projetos na gaveta, contudo confiei nos planos divinos, me dediquei e o bom trabalho desempenhado na SEMPRE, me abriu as portas para um desafio ainda maior na Secretaria Municipal de Saúde. 

Quis o destino que eu estivesse na cadeira de secretário de saúde quando testemunhamos Salvador encarar um dos seus maiores desafios, a guerra contra o Novo Coronavírus. Frente a este momento entendi que os planos tinham mudado, o meu objetivo de cuidar das vidas do povo de Salvador ainda não viria pela disputa eleitoral, mas pela dedicação ao cargo que já ocupava na saúde do município. 

É do conhecimento de todos que em janeiro ingressei no Partido Democrático Trabalhista (PDT) com o objetivo de junto aos líderes dessa legenda, construir uma proposta que dialogasse com os sonhos e anseios do nosso povo soteropolitano. Desde o primeiro momento fui recebido de braços abertos pelos amigos Ciro Gomes, Carlos Lupi e Felix Mendonça Jr., e por isso sou eternamente grato.

Tão logo, os obstáculos para a viabilização da minha candidatura foram aparecendo, o PDT lutou com todos os recursos para que o nosso projeto prosseguisse vivo, e quero deixar um agradecimento especial ao presidente nacional do meu partido, Carlos Lupi, um verdadeiro irmão de luta neste processo. Porém sinto que é coerente manter as vidas de milhões de soteropolitanos acima de anseios pessoais, entretanto tenho certeza que este sonho não acabou, foi apenas adiado.

Assim seguirei desempenhando o meu trabalho com máxima dedicação, fato que aqueles que me acompanham há mais tempo, sabem que é a marca da minha trajetória. As decisões definitivas serão tomadas em momento oportuno em conjunto com o partido, mas a nossa principal luta segue firme, um PDT mais forte em toda a Bahia, em prol de um verdadeiro projeto de desenvolvimento nacional.

Leo Prates
Secretário Municipal de Saúde e Deputado Estadual Licenciado

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas