Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eleições

Partido de Cezar Leite refuta coligação com o PTB: "Satélite do DEM"

[Partido de Cezar Leite refuta coligação com o PTB: "Satélite do DEM"]
31 de Agosto de 2020 às 15:05 Por: BNews/Arquivo Por: Henrique Brinco

O secretário-geral do PRTB de Salvador, Rafael Ribeiro, negou ao BNews qualquer possibilidade de o partido coligar com o PTB. A informação sobre a eventual aliança começou a circular nesta segunda-feira (31) diante da impossibilidade da agremiação trabalhista poder coligar com o DEM do pré-candidato Bruno Reis após determinação da Executiva Nacional. Inclusive, circulou a informação de que Taíssa Gama, filha do ex-deputado Benito Gama, seria a vice do edil.

Rafael afirma que o partido fechou questão contra a aliança em uma reunião da executiva municipal pela manhã. "Não existe nenhuma possibilidade de o PRTB de Salvador aliar-se a partidos que sejam satélites do DEM ou com lideranças que não coadunam com as nossas ideias de direita e de apoio a Bolsonaro, como é o caso de Benito Gama e Taíssa Gama", declarou.

"Provavelmente o grupo do prefeito [ACM Neto] (e até do governador [Rui Costa]) está buscando meios de nos assediar diante do crescimento da candidatura de Cezar. Mas a coerência com o nosso projeto e o compromisso que temos com o eleitor conservador da cidade são mais importantes do que dinheiro do fundo eleitoral ou tempo de TV", completou.

A coligação, se acontecesse, permitiria a participação de Cezar nos debates da TV - uma vez que o PTB, diferentemente do PRTB, atende aos pré-requisitos. "Na coligação junta o tempo de todos", analisa a advogada eleitoral Deborah Guirra. Na semana passada, o partido solicitou a participação de Cezar no debate que será promovido pela Band Bahia em 17 de setembro. Entretanto, segundo Rafael, o canal não respondeu.

Após uma reunião preparatória com os assessores dos pré-candidatos, a emissora divulgou um comunicado afirmando que foram convidados apenas postulantes cujo partido tenha no mínimo cinco parlamentares (deputados + senadores) no Congresso, de acordo com o artigo 46 da lei 9504/97 e o art. 44 da resolução do TSE 23610/2019. O PRTB não se enquadra no critério.

Procurados, Taíssa Gama e Benito Gama não foram encontrados pela reportagem para comentar o caso. Cezar também negou a possibilidade e disse que "respeita o PTB", mas que não poderá fazer a aliança porque o partido na Bahia é alinhado ao grupo do prefeito ACM Neto (DEM) - que, na visão dele, faz oposição a Bolsonaro. O presidente municipal do PTB em Salvador, Carlos Muniz, por sua vez, também negou para a reportagem que as conversas para eventual coligação existam.

Leia também: PRTB solicita participação de Cezar Leite em debate da Band Bahia

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso