Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eleições

"Não quero mais nada com esse Neto": Roberto Jefferson manda anular convenção que selou apoio do PTB a Bruno Reis

["Não quero mais nada com esse Neto": Roberto Jefferson manda anular convenção que selou apoio do PTB a Bruno Reis]
17 de Setembro de 2020 às 14:37 Por: Henrique Brinco

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, tomou uma decisão inesperada: anular a convenção que selou o apoio ao candidato Bruno Reis (DEM) em Salvador. A decisão foi anunciada por meio de uma resolução nesta quinta-feira (17), um dia após o fim do prazo das convenções partidárias com base na orientação dada em agosto pela Executiva Nacional de vetar alianças locais com partidos como DEM, PSDB, PT e demais agremiações de esquerda.

"Ficam anuladas as decisões adotadas em convenções partidárias ocorridas nos municípios de São Bernardo do Campo/SP, Osasco/SP, Presidente Prudente/SP, Fortaleza/CE e Salvador/BA, sobre formações de coligações e os atos delas decorrentes, em face do descumprimento de diretriz sobre a matéria, aprovada em reunião da Comissão Executiva Nacional", diz um trecho da resolução assinada por Jefferson, publicada no site oficial do PTB.

Também circula nas redes sociais um áudio em que o ex-deputado dá a orientação para o fim da coligação, sob a justificativa de que a aliança é incompatível ideologicamente com o partido. "Quero anular Salvador, na Bahia. Não quero mais nada com esse Neto e essa turma de DEM, de Netinho, presidente do DEM. Acabou esse troço", declara o ex-deputado.

Jefferson é aliado do presidente Jair Bolsonaro e tem atuado localmente para ampliar a base bolsonarista nos municípios. Há alguns dias, ele esteve em Vitória da Conquista (BA) e também fez uma série de ataques contra Neto. Na ocasião, ele lembrou a decisão do prefeito de não concorrer ao Governo do Estado em 2018. "O que o ACM Neto fez na eleição passada foi um horror. Devia ter enfrentado e não enfrentou a candidatura depois ficou quieto na Prefeitura e ainda deixou todos que copiaram ele. Mostrou que faltou liderança e coragem. Líder tem que ter coragem, até para perder".

A nova resolução pegou o PTB baiano de surpresa e causa espanto, já que o arranjo com o DEM estava selado com a autorização de Jefferson. A convenção foi realizada no último sábado (12), em formato online por conta da pandemia da Covid-19. A reportagem do BNews tentou entrar em contato com os principais caciques do PTB em Salvador e na Bahia, Carlos Muniz e Benito Gama, respectivamente, mas ainda não obteve retorno. O DEM também não se manifestou.

Roberto Jefferson é conhecido por protagonizar escândalos. Ele foi condenado em 28 de novembro de 2012 a 7 anos e 14 dias de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no Escândalo do Mensalão.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso