Política

Eleições 2024: Escolha de Bruno Reis por Ana Paula Matos desagrada aliados

Reprodução | BNews
A oficialização da chapa ocorreu na última segunda-feira (3)  |   Bnews - Divulgação Reprodução | BNews
Daniel Serrano

por Daniel Serrano

[email protected]

Publicado em 04/06/2024, às 08h22



Apesar de bem avaliada pelo eleitorado, a escolha da vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT) para reeditar a chapa da eleição de 2022 no pleito deste ano não tem agradado aliados do prefeito Bruno Reis (União Brasil). A informação da coluna Metropolítica, do site Metro1.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp 

De acordo com a publicação, a maior insatisfação está por conta do ex-prefeito ACM Neto (União Brasil) e o deputado federal Léo Prates (PDT), que chegou a ser cotado para ser o vice de Bruno Reis nas eleições de ano.

A origem do descontamento é justamente o fato de o ex-prefeito preferir o nome do pedetista para o cargo. Desde o início das articulações para a montagem da chapa, ACM Neto insistiu no nome de Prates para vice de Bruno Reis, que resistiu às investidas e manteve Ana Paula no cargo.

Ainda segundo a coluna, lideranças do Carlismo dizem que a decisão de Bruno Reis é uma forma de manter uma certa independência em relação a ACM Neto, seu padrinho político. Apesar da boa relação com o ex-prefeito de Salvador, Ana Paula Matos é tida como “cota pessoal” de Bruno Reis e é avaliada como uma das pessoas mais leais ao atual gestor municipal da capital baiana.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp