Política

Lula diz não vai cortar benefícios em meio a “pente-fino” de gastos

Agência Brasil
No entanto, os benefícios sociais pagos de forma indevida podem ser cortados  |   Bnews - Divulgação Agência Brasil
Thiago Teixeira

por Thiago Teixeira

[email protected]

Publicado em 27/06/2024, às 21h18



O governo federal tem feito um pente-fino para avaliar áreas em que é possível cortar gastos. A afirmação foi dada pelo próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta quinta-feira (27). No entanto, o chefe do executivo negou a possibilidade de tirar recursos de benefícios sociais.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

“Nós estamos fazendo um estudo profundo, em todos os ministérios, em todo investimento, estamos fazendo uma operação pente-fino para saber se tem coisas que você pode parar de fazer. Você não pode gastar dinheiro errado”, disse o presidente, em entrevista à rádio Itatiaia.

O chefe do Executivo disse que benefícios sociais pagos de forma indevida podem ser cortados, mas negou a possibilidade de mexer nos programas como um todo.

“Não me fale para mexer em benefício. Se o pobre tiver direito, ele não vai perder o benefício. Fazer ajuste em cima dos pobres não vale na minha vida. Se houver gente que não tem direito [ao benefício] recebendo, será cortado. Mas todos os pobres irão continuar com seus programas sociais“, destacou o presidente.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp