Política

Como antecipado pelo Bocão News, Zé Alves assume Setur e encerra novela

[Como antecipado pelo Bocão News, Zé Alves assume Setur e encerra novela]
22 de Julho de 2016 às 20:21 Por: Reprodução Por: Alexandre Galvão

A oficialização do presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens na Bahia (Abav), José Alves, para chefiar a pasta de Turismo da Bahia, na noite desta sexta-feira (22), dá fim à novela mais longa do governo Rui: o espaço do PR no governo. Indefinido desde o começo da gestão Rui Costa, a pasta já havia sido oferecida à legenda que tinha muitos índios, mas poucos caciques para apaziguar os ânimos e os anseios dos seus membros. A questão mudou de figura, no entanto, com a entrada de José Carlos Araújo no jogo, que traçou a rota e emplacou um aliado seu na pasta que governa mais de R$ 182 milhões em recursos do Estado.

O fim da novela, no entanto, pode dar início a outra minissérie que já tem os seu contornos dramáticos: a relação de Rui com o PCdoB. Com a chegada de Zé Alves e a partida de Nelson Pelegrino, Davidson Magalhães deixará seu posto de deputado federal. Pré-candidato a prefeito de Itabuna, Magalhães pode, num primeiro momento, gozar do desemprego, pois irá se dedicar à campanha. À posteriori, caso seja derrotado, irá ser uma dor de cabeça para o Correria: como agrupar mais um aliado dentro do já lotado guarda-chuvas de cargos comissionados.

Além disso, há de se observar que o PCdoB, ou parte dele, não anda às mil maravilhas com o governador. A preferência por Lídice da Mata (PSB) e Olívia Santana (PCdoB) para a disputa em Salvador faz acender, em alguns comunistas, o alerta de que Rui, com suas predileções, pode deixar muita gente de fora das suas estratégias.

Até mesmo no PR, a harmonia está longe de ser alcançada. Apesar do fim do clímax de tensão, Jonga, e companhia nada limitada, anseia por espaço – mesmo tendo dado de ombros para o então candidato Rui Costa, durante a campanha de 2014. Até agora, porém, o dado concreto é de que o PR, aos pouquinho, ficou com uma grande parte do protagonismo estadual: Setur, Bahiatursa, Procon e Prodeb. Novos capítulos podem surgir.

Matérias relacionadas:
 
 
 
 
 
 

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar