Política

Direto de Brasília: Presidente da UPB comemora aprovação da desoneração na folha de pagamento

Lara Curcino / BNews
Segundo Quinho, os municípios terão uma dívida aí de aproximadamente R$ 12 bilhões perdoadas  |   Bnews - Divulgação Lara Curcino / BNews

Publicado em 21/05/2024, às 13h43 - Atualizado às 14h03   Lara Curcino e Daniel Serrano



O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeito da cidade de Belo Campo, Quinho (PSD), marcou presença na 25° Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, realizada em Brasília, nesta terça-feira (21).

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp 

Em entrevista ao BNews, Quinho tratou de comemorar a aprovação da desoneração da folha de pagamento dos municípios. O presidente da UPB elogiou a atuação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, e da Advocacia-Geral da União (AGU), além do presidente do Congresso, o senador Rodrigo Pacheco (PSD) na aprovação da pauta.

“Sem dúvida nenhuma, é uma chegada vitoriosa haja vista o fato de a desoneração da folha de pagamento dos municípios ter sido concedida por uma liminar pelo ministro Zanin e articulada pela AGU. É importante dizer que a UPB esteve presente aqui [em Brasília] em diversas articulações com o presidente do Congresso, o Rodrigo Pacheco. E através da nossa luta é que houve êxito na desoneração da folha de pagamento na folha dos municípios”, disse Quinho.

“Uma dívida aí de aproximadamente R$ 12 bilhões que os municípios deixarão de pagar. Na Bahia, são aproximadamente R$ 1,3 bilhão. Os municípios terão um folego com recursos direto na veia. São 404 municípios dos 417 [que serão beneficiados com a medida]. São valores que serão investidos em infraestrutura, em saúde, em educação”, acrescentou.

Quinho revelou ainda que vem acompanhando outras duas pautas que tramitam no Congresso. Uma delas é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que propõe que seja fixado o indexador em até 1% na receita dos municípios. O outro é o debate do novo formato do Refis.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp