Política

TCM determina abertura de investigação contra ex-prefeito baiano por irregularidades;

Reprodução
Ex-prefeito é suspeito de pegar "carona" em licitação  |   Bnews - Divulgação Reprodução

Publicado em 06/06/2024, às 07h35 - Atualizado às 09h54   Cadastrado por Lucas Pacheco



O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) determinou a abertura de investigação contra o ex-prefeito de Jequié, Luiz Sérgio Suzarte Almeida, conhecido como Sérgio da Gameleira, além de aplicar uma multa de R$ 4 mil. A determinação foi após os conselheiros da 2ª Câmara julgadora do TCM acatarem uma denúncia contra ele apresentada pelo ex-vereador Regis Pereira da Silva. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp.

Segundo a denúncia, o ex-gestor cometeu irregularidades na adesão do município à Ata de Registro de Preços Nº 011/2019 (FNDE/MEC) para a compra de 38 ônibus escolares em 2020, quando o município já possuía 21 veículos próprios, mas que não estariam disponíveis à população por falta de manutenção.

O ex-vereador, autor da denúncia, ainda pontuou o que chamou de instituto da “carona” em processo licitatório de outro ente público e a ausência de demonstração de outros requisitos aplicáveis ao processo. 

O conselheiro Paulo Rangel, relator do processo, determinou a formulação de representação ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) para que o órgão apure a prática de ato ilícito pelo ex-prefeito.

Para Rangel, mesmo que fosse admitida a “carona” em outra licitação, a Prefeitura de Jequié não demonstrou a economicidade da medida e a justificativa apresentada pela gestão foi genérica e idêntica para todos os contratos, sem evidenciar detalhes. 

Ainda segundo o Conselheiro, Sérgio da Gameleira, não demonstrou que a aquisição de veículos novos, cujo valor ultrapassa R$11 milhões, era mais vantajosa do que a realização de serviços de reparo nos veículos já existentes. 

Ainda cabe recurso da decisão.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp