Política

Vereadores de Feira de Santana engrossam coro pelo afastamento de Colbert; entenda

Divulgação

Até o momento, a maioria dos vereadores já manifestaram críticas a gestão

Publicado em 23/06/2022, às 13h22    Divulgação    Daniela Pereira

A possibilidade de afastamento do prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB) pode se tornar realidade. Após o presidente da Câmara, Fernando Torres (PSD), ter admitido submeter ao plenário um dos pedidos de afastamento, vereadores da cidade já se manifestaram a favor da decisão.

De acordo com o líder da oposição, Jhonatas Monteiro, a gestão de Colbert é marcada por diversos problemas de ordem legal. “Já discutimos isso há algum tempo, mas só agora o presidente da Câmara disse que seria submetido ao plenário”, disse, ressaltando a necessidade de avaliação legal dos pedidos. “Dos 21 vereadores da Casa, a maioria já manifestou posicionamento crítico contra o prefeito, mas para o afastamento ocorrer precisamos analisar as questões legais. Do ponto de vista moral e ético temos motivos de sobra”, afirmou o vereador ao BNews.

Entre as acusações apontadas pelos vereadores para justificar o impeachment do prefeito estão irregularidades em contratos do Município, crime de responsabilidade fiscal e indícios de corrupção. Até o momento, nenhum dos pedidos foi analisado.

Já o vereador Professor Ivamberg (PT), disse que existem “instrumentos suficientes” para o afastamento. “São vários crimes de responsabilidade e sua incompetência administrativa com certeza o levará ao impeachment. Ele e Ronaldo (o ex-prefeito José Ronaldo) são os responsáveis por este desfalque no erário. Ele tenta culpar a Câmara, mas o pior inimigo dele é ele mesmo, com suas ações que levam ao caos”, disse.

Fernando Torres, que era contra o afastamento do prefeito, mudou de posicionamento no último dia 21, durante uso da tribuna na sessão legislativa. “Acho que o prefeito Colbert Martins Filho perdeu a noção da política, do parlamento, da gestão pública. Eu falei aqui anteriormente que sou contra qualquer tipo de afastamento, de qualquer gestor. Mas essa administração é pífia, problemática, que não ouve a população. Eu era contra o impeachment do prefeito Colbert, mas não sou mais”, disse.

Durante as sessões na Câmara da cidade, vereadores como Sílvio Dias (PT), Edvaldo Lima (MDB) e Pedro Cícero (PL) também já demonstraram votar pelo afastamento do gestor.

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre