Política

Vice-presidente da Caixa acobertava assédio de Guimarães, diz funcionária

Divulgação

A entrevista da funcionária irá ao ar na noite deste domingo (03) no Fantástico

Publicado em 03/07/2022, às 10h52    Divulgação    Redação

Uma nova afirmação envolvendo os casos de assédio na Caixa Econômica Federal nem à tona. Na noite deste domingo (03), o Fantástico exibirá entrevista com uma das vítimas, na qual ela afirmará que o então vice-presidente, Celso Leonardo Barbosa, era cúmplice de Pedro Guimarães.

Guimarães é alvo de uma série de denúncias de assédio sexual por parte de funcionárias da instituição financeira. Este é o primeiro caso público do tipo envolvendo um alto funcionário do governo Jair Bolsonaro (PL).

Os casos, que estão sob sigilo, são investigados pelo Ministério Público Federal (MPF) pelo menos desde o ano passado, quando um grupo de funcionárias decidiu denunciar os abusos.

Considerado o número 2, dentro da hierarquia de funções dentro do banco, Celso foi citado no depoimento das vítimas e, segundo uma delas, ele vigiava as mulheres que não cediam aos assédios. “Na verdade, nós vivíamos uma prisão velada. É o mesmo modus operandi. De o 01 assedia e 02 protege com intuito de monitorar”, disse.

Após repercussão do caso, Pedro Guimarães e Celso Barbosa deixaram os cargos.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre