Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Manifestantes ateiam fogo em loja do Carrefour nos Jardins, em São Paulo

[Manifestantes ateiam fogo em loja do Carrefour nos Jardins, em São Paulo]
20 de Novembro de 2020 às 21:57 Por: Divulgação Por: Redação BNews

Uma unidade do hipermercado Carrefour, no bairro dos Jardins, em São Paulo, foi incendiado na noite desta sexta-feira (20), durante a Marcha da Consciência Negra. Este ano o ato foi puxado pela morte de João Alberto Freitas por seguranças do Carrefour em Porto Alegre.  

De acordo com informações de O Globo, após um início pacífico, alguns manifestantes começaram a atirar objetos e a destruir vidraças da fachada da loja na Rua Pamplona, uma das áreas mais nobres da cidade. Na sequência o local foi invadido e produtos foram quebrados. 

Ainda de acordo com as informações, carros que estavam estacionados também foram alvo dos vândalos. Por conta do ataque, clientes que estavam no local tiveram que se refugiar no fundo do estabelecimento.

A depredação só terminou após pedido dos organizadores. A Tropa de Choque chegou quando a multidão dispersava.

Segundo O Globo, a manifestação teve início na Avenida Paulista, em frente ao Masp, e tinha por objetivo protestar contra a morte de Freitas e pedir justiça racial no país. O ato foi organizado pela Movimento Negro Unificado (MNU), Coordenação Nacional de Entidades Negras (Conen) e outros coletivos do movimento negro.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso