Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Personalidade

Presidente da AL-BA, Nelson Leal, lamenta morte do radialista esportivo José Oswaldo

[Presidente da AL-BA, Nelson Leal, lamenta morte do radialista esportivo José Oswaldo]
17 de Outubro de 2020 às 13:49 Por: Antonio Queirós/CMS Por: Redação BNews

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Nelson Leal (PP), lamentou a morte do radialista José Oswaldo Alves, mais conhecido como Zé Oswaldo. O comunicador morreu na manhã deste sábado (17) após passar alguns dias internado. José Oswaldo é pai do apresentador de televisão e também radialista José Eduardo, do empresário do Grupo A4, Guto Alves, e da advogada Cristiana Figueiredo.

“Meu abraço solidário ao filho dele, e meu amigo, Zé Eduardo, o Bocão, que tinha verdadeira veneração pelo pai, que era uma lenda no jornalismo da Bahia, com passagens pelo Diário de Notícias e em várias emissoras de rádio da cidade. Estendo esse pesar ao filhos Luís Gustavo e Cristiana, aos demais familiares e amigos de Zé Oswaldo, notadamente àqueles que, às sextas-feiras, dividiam com ele uma mesa no Restaurante Colon, no Comércio”, afirmou o deputado em Moção de Pêsames apresentada à Mesa Diretora da Assembleia.

Como radialista, José Oswaldo atuou nas principais rádios como Bandeirantes, Cultura, Bahia e Sociedade. Na carreira pública foi aprovado no concurso público do Departamento de habitação e Urbanização do Estado da Bahia (URBIS), onde foi funcionário por 34 anos.

Atualmente era proprietário do site de esporte olímpico Zé Oswaldo. Ao longo da carreira, o jornalista e radialista foi repórter no Diário de Notícias e trabalhou no departamento de publicidade da Tribuna da Bahia. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso