Polícia

Polícia prende DJ Frajola

[Polícia prende DJ Frajola]
27 de Novembro de 2012 às 07:15 Por: Divulgação Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Investigadores da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM/Brotas), prenderam no domingo (25), o foragido da Justiça, João Miguel Pereira Martins, 33 ano, conhecido como DJ Frajola. Acusado de sequestrar, amordaçar e algemar a ex-namorada foi capturado quando jantava em um restaurante na Barra com a namorada que está grávida de cinco meses.

Com prisão preventiva decretada pela juíza Márcia Lisboa, titular da 1ª Vara da Violência Doméstica, ele será transferido da carceragem da delegacia para o Presídio de Salvador.

O agressor informou no interrogatório prestado à delegada Heleneci Souza Nascimento, titular da DEAM/Brotas, que ao saber da decretação de sua prisão, oficializada no final do ano passado, afastou-se da atividade de animador de festas de formatura e eventos em Salvador, passando a viver escondido. Afirmou ter freqüentado a residência de familiares no bairro de Mussurunga em horários irregulares, por dois meses e, ultimamente pernoitava dentro de um veículo, estacionado em diferentes locais da cidade.   

Vingança

Inconformado com o fim do relacionamento de oito meses com a ex-namorada, de prenome Laura, DJ Frajola a seqüestrou, depois de ela ter procurado a DEAM/Brotas para denunciar as agressões físicas que vinha sofrendo. Laura foi orientada a marcar um encontro com João Miguel, o que permitiu a prisão dele, no dia 29 de novembro. No entanto, oito dias após ser preso o agressor foi liberado pela Justiça, passando a planejar a vingança.

Ao descobrir onde a vítima estava residindo, DJ Frajola adquiriu uma faca tipo peixeira, algemas, sedativos e alugou um veículo com o qual consumou o seqüestro, no dia 14 de dezembro.  Quando Laura saia de casa para trabalhar, pilotando uma motocicleta, João Miguel lançou o carro sobre a moto conseguindo derrubá-la. A vítima foi arrastada pelos cabelos até o automóvel.

Algemada e amordaçada, a ex-namorada foi deixada num matagal próximo ao condomínio Planeta Água, em Camaçari, enquanto DJ Frajola devolvia o carro alugado e buscaria a motocicleta.  Laura conseguiu escapar e pedir ajuda aos vigilantes do condomínio, que acionaram a polícia. No local usado como cativeiro apreendeu-se a faca, o remédio sedativo e uma sacola contendo roupas e o notebook de João Miguel. Ele será indiciado por sequestro, roubo e agressão.
 
Ascom/PC

Nota postada originalmente às 15h25 do dia 26
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar