Política

Rui avisa: secretário que sair candidato em 2016 não terá meu apoio

[Rui avisa: secretário que sair candidato em 2016 não terá meu apoio]
20 de Dezembro de 2014 às 09:04 Por: Gilberto Jr./Bocão News Por: Aparecido Silva (Twitter: @CydoSylva)

Um dos critérios para compor o secretariado do governador eleito Rui Costa era não ter pretensões eleitorais para 2016, quando ocorrem eleições para prefeitos, vices e vereadores. Alguns nomes anunciados pelo petista pretendiam disputar alguma prefeitura no próximo pleito, mas ao aceitar o convite para assumir uma secretaria, automaticamente estariam abrindo mão do projeto.

Rui faz questão de lembrar que sua “convocação” é para um compromisso de quatro anos e não vai ser flexível com quem mudar de ideia no meio do caminho. “Esse foi um critério que eu disse e está mantido. Perguntei a todos os secretários antes de convidar se havia o desejo de ser candidato em 2016. A resposta que ouvi de todos é que não, inclusive de Nelson [Pelegrino, que queria tentar a prefeitura de Salvador]. Se alguém resolver ser candidato não terá meio apoio. Sem exceção”, radicalizou.

“Quem sentar na pasta de secretário não pode pensar em um ano, tem que pensar em quatro anos, no estado, não na cidade que está querendo governar”, afirmou. 

Entre os nomes anunciados que pretendiam disputar alguma prefeitura estavam Nelson Pelegrino (Salvador), Josias Gomes (Itabuna) e Carlos Martins (Candeias.

 

 

 

Questionado pelo Bocão News sobre a retirada do nome para o pleito em Candeias, Martins minimizou: "Eu sou um soldado do projeto. O que o projeto me determinar estarei disposto a cumprir".

 

*Matéria originalmente publicada às 13h21 desta sexta-feira (19)

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar