Política

Pola Ribeiro vai assumir secretaria do Ministério da Cultura

[Pola Ribeiro vai assumir secretaria do Ministério da Cultura]
05 de Fevereiro de 2015 às 17:27 Por: Reprodução / Catraca Livre Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
Pola Ribeiro, cineasta, ex-diretor do Irdeb e irmão de Zezeu Ribeiro (deputado federal e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado), foi convidado para assumir a Secretaria de Audiovisual (SAV) do Ministério da Cultura (Minc), a convite do ministro Juca Ferreira. Ele que tem cerca de 40 filmes produzidos e mais de 30 anos de atuação na área audiovisual, vai substituir João Batista da Silva, que ocupada o cargo interinamento depois da saído do cineasta Leopoldo Nunes. 
 
De acordo com o A Tarde, ele trabalhará em parceria com a Agência Nacional do Cinema (Ancine) e também será responsável por áreas ligadas à comunicação, TV pública, festivais e produção de conteúdo.
 
"Meu nome foi muito bem aceito pela Ancine e pela categoria. O ministro tem conhecimento do assunto e acompanha de perto. A secretaria passou por alguns períodos de dificuldades e a Ancine foi suprindo a demanda. A expectativa é que a gente rearrume o que é área da Ancine e o que é da Secretaria", revela.
 
Esta divisão de responsabilidades vai ser baseada nas discussões de cultura e mercado, que não podem pertencer a apenas uma das instituições. O novo secretário deve trabalhar com o foco na cultura e manter o diálogo constante com a Ancine. "A gente consegue fazer esta dobradinha sem criar uma cisão".
 
Sobre a nova empreitada, Pola explica que pretende dar contuinidade aos projetos da secretaria e sua atuação nacional. "Existem vários projetos iniciados no Governo Lula e que tiveram uma certa descontinuidade. Há ainda questões do Centro Técnico de Audiovisual, no Rio de Janeiro, que atende todo o Brasil, além da Cinemateca de São Paulo. Mas meu projeto inicial é ouvir os produtores e diretores para fechar este desenho", enfatiza ele, que aguarda a nomeação para o cargo.
 
Além de diretor, roteirista e produtor, Pola exerceu inúmeras funções nas áreas da Comunicação, Educação e Gestão Pública - foi diretor do Instituto de Radiodifusão do Estado da Bahia (Irdeb), presidente da Associação Baiana de Cinema e Vídeo, consultor de cinema e vídeo na Fundação Cultural do Estado da Bahia, membro titular do Conselho Consultivo da SAV e professor universitário, entre outras.
 
*Fonte: A Tarde
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar