Política

Ele diz que fica

[ Ele diz que fica]
07 de Outubro de 2010 às 12:29 Por: Daniel Pinto
Na manhã desta quinta-feira (07), em entrevista ao Se Liga Bocão, na Sociedade AM, Fábio Mota, titular da Secretaria de Serviços Públicos (SESP), garantiu que não vai renunciar ao cargo. A possibilidade vem sendo ventilada já há algum tempo e ganhou força após o pedido de exoneração do secretário municipal da Saúde, José Carlos Brito. Nesses termos, Mota, também conhecido como “síndico de Salvador”, passou a ser o único peemedebista no governo João Henrique.

Até quando?

A pergunta ecoa na cabeça de quem acompanha de perto o dia a dia da Prefeitura da capital baiana.  Informações de bastidores dão conta de que, desde o rompimento entre João Henrique e Geddel Vieira Lima, a Casa Civil do município passou a boicotar a SESP, inclusive com atrasos no pagamento de fornecedores e até mesmo retenção de material de escritório.

Uma das leituras possíveis para a manutenção de Fábio Mota é de que o PMDB quer forçar a demissão do secretário para que o desgaste do fim do “casamento” recaia exclusivamente no chefe do poder executivo. 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar